Orientação Sexual

Orientação Sexual

É relevante dizer ainda que, segundo Nunes e Silva (2000, p. 33) “a postura assumida diante da sexualidade varia muito de acordo com a sociedade, sua cultura, seu contexto histórico e ideológico”. Além do que, é necessário que o professor tenha em mente que ele não vai ensinar a sexualidade. Como argumenta Vasconcellos , não se ensina a sexualidade, mas, sim, preparam-se condições para que o aluno venha a desenvolvê-la. É relevante saber que nem sempre essa dicotomia sexista existiu desta maneira no berço familiar. No séc XVII, de acordo com estudo de Nunes e Silva , meninos e meninas brincavam de bonecas, balanços e cavalos de pau, não existindo uma identificação rígida com papéis sexuais e muito menos indícios de preconceito. Porém, no decorrer do processo histórico surgiram tais estereótipos sexistas que hoje são incutidos nas crianças sem ao menos os pais terem noção disso.

O primeiro passo é compreender os princípios constitucionais que são o norte para o tratamento igualitário a todos as pessoas. Posterior a isso, sempre teremos o respeito e a aceitação da existência do outro, criando relações mais igualitárias na sociedade. Identidade de gênero é a forma como um indivíduo identifica seu próprio gênero. Também é possível que exista identificação com os dois gêneros ou mesmo com nenhum deles.

O grupo “A” existe em Porto Alegre desde 1991, ganhando existência legal em 1993. Em termos gerais, sua proposta é defender e trabalhar pela cidadania dos homossexuais. Também tem inserção junto a partidos políticos de “esquerda”, especialmente o Partido dos Trabalhadores . Pode-se dizer que a proposta do grupo seria incorporar as diferentes opções ou identidades sexuais à condição de “cidadão”, vibrador o que será visto com detalhes mais adiante. Expressão de gênero é como a pessoa manifesta publicamente a sua identidade de gênero, por meio do seu nome, da vestimenta, do corte de cabelo, dos comportamentos, da voz e/ou características corporais e da forma como interage com as demais pessoas. A expressão de gênero da pessoa nem sempre corresponde ao seu sexo biológico (GLAAD, 2016, p. 10).

Perceber a categoria gênero como “[…]uma operação de classificação cultural[…]” (ALBEERNAZ e LONGHI, 2009, p.83), significa reafirmar que através da cultura usamos o gênero para pensar o que é ser homem e o que é ser mulher, sendo que a educação desempenha importante papel nesse sentido. Para além desta reflexão sobre o sentido literal que Scott pontua levando em consideração o social e as relações de poder, as questões relacionadas a gênero estão associadas ainda a valores culturais e a construções históricas assumindo desta maneira uma complexidade ainda maior. Nos anos 30 e 40 do século XX houve, portanto, um atendimento de proposições das mulheres, onde elas poderiam votar e serem votadas, ingressar em instituições escolares e serem inseridas no mercado de trabalho. Neste mesmo período, eclode a ascensão do nazi-facismo e a preparação para uma nova guerra mundial. Seguindo este viés a afirmação da igualdade de sexos vai de encontro às necessidades econômicas, já que os homens precisavam ir para as frentes de batalha, sendo fundamental a inclusão da mulher no setor empregatício. Muitos psicólogos estão se especializando nas questões de identidade gênero e orientação sexual para serem capazes de oferecer o acolhimento necessário para que uma terapia se desenvolva da forma positiva.

Qual é a sua identidade sexual?

A Psicoterapia Trabalha Questões De Identidade

É incorreto usar o artigo masculino, por exemplo, “O“ travesti Maria, pois está se referindo a uma pessoa do gênero feminino. Ela se diferencia da pessoa transexual porque não deseja se submeter à cirurgia de readequação sexual. Não cabem mais comportamentos arraigados, fechados, puritanos, mas antes os esclarecedores, democráticos e cidadãos principalmente esclarecidos no que se refere as questões de gênero e sexualidade.

A construção da identidade é o processo principal da adolescência e tem como influência as características do próprio indivíduo e da cultura na qual está inserido. Em um cenário de diversidade e de tanta discussão sobre identidade de gênero e orientação sexual, muita gente ainda se confunde ou não entende a real importância de discutirmos essas questões desde a infância. Afinal, sentimentos de pertencimento e o reflexo no espelho começam desde essa fase. Somente há saída para estes problemas se dissociarmos os três planos – biológico, psicológico e social. É possível sentir-se psicologicamente homem, identificando-se com os valores masculinos e paternos de sua cultura, e querer obter uma posição, um status, de homem, ao passo que se é uma mulher biológica, e vice-versa para o homem biológico que se sente mulher, mas não pode se tornar uma mulher biológica.

Sigla referente a homens que mantêm freqüentemente ou esporadicamente relações sexuais com outros homens, independente de terem identidade sexual homossexual. É um termo bastante utilizado no campo da saúde pública, principalmente em relação à AIDS porque o mesmo se refere à prática sexual e não à identidade sexual. Da mesma forma, em relação a mulheres nessa situação, cujo termo correto a ser utilizado é “mulheres que fazem sexo com mulheres”-MSM. Em relação aos materiais escolares, mais uma vez a professora foi bastante coerente quando afirmou que os meninos não prezam muito pela organização e cuidado com os seus, diferentemente das meninas que procura zelar mais pelo seu material de estudo. Entretanto, notadamente nesta sala as diferenças não são transformadas em desigualdades evitando desde essa fase a “deterioração da humanidade dos seres humanos gerando, por conseguinte, discriminação e opressão” (GOFFMAN, et al 2000 apud RIOS 2009 p.100). As mediações estabelecidas pelos docentes envolvem a (re-) constituição das identidades dos alunos, em última instância influindo em seus comportamentos sexuais.

O Que É Identidade De Gênero? Como Isso Impacta Na Vida Das Pessoas?

Entretanto, não é preciso cultivar dúvida ou vergonha de se abrir com uma pessoa desconhecida. O psicólogo é um profissional capacitado para conduzir a interação com o paciente da maneira mais confortável possível. A psicoterapia está sempre de portas abertas para ajudar as pessoas a terem uma vida mais feliz, saudável e proveitosa. Um resultado comum deste conflito é a construção de uma vida com ‘aparência adequada’ somente para se encaixar nas expectativas de terceiros. Esta realidade forjada traz muito sofrimento para o indivíduo e acaba afetando entes queridos, que podem se sentir traídos com ‘a vida de mentira’. Por vezes, o constante contato com casos de violência através de notícias, relatos nas redes sociais ou fofocas pode desencadear ansiedade, pânico e depressão.

As Consequências Do Abuso Sexual Infantil

Novas nomenclaturas podem surgir nos próximos anos, o que mudará o que conhecemos atualmente. Independentemente de orientação sexual ou identidade de gênero, deve prevalecer o respeito ao indivíduo pela maneira como ele ou ela se identifica. Desde antes do nascimento, quando descobrimos se vai ser menino ou menina, começamos a definir como será o desenvolvimento da identidade sexual da criança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *