Entenda As Diferenças Entre Arquitetura, Design De Interiores E Decoração

Entenda As Diferenças Entre Arquitetura, Design De Interiores E Decoração

O profissional ainda pode gerenciar todo o processo de execução para que os ambientes sejam entregues exatamente como foram idealizados. Bom, esclarecido esse primeiro ponto, vamos partir agora para compreender o que de fato é um designer de interiores. Esse profissional é o responsável por planejar, projetar e decorar os espaços internos de residências, comércios e empresas com o objetivo de tornar o ambiente bonito, confortável, seguro decoração e funcional. Um arquiteto tem conhecimentos que cercam as áreas de planejamento, desde a escolha dos materiais, até a execução do projeto. Seus trabalhos passam por âmbitos como o parecer sobre a localização da obra, os aspectos ambientais envolvidos, topografia e as questões legislativas. Diferentemente de um designer de interiores, além de trabalhar em áreas internas, o arquiteto pode exercer suas funções também em ambientes externos.

Não sou um profissional da área, mas não é preciso ser para perceber claramente que este texto foi escrito por alguém amargurado, recalcado, invejoso e que distorce a realidade dos fatos ou, simplesmente, não possui conhecimento suficiente para falar do assunto. Só pra você saber, antes de fazer um texto pra dizer as diferenças entre os 3 profissionais, saiba que Design de Interiores é referente a profissão, assim como Arquitetura. Um curso na UFRJ de composição de interiores (uma de suas denominações) é em média feita pelos alunos no mínimo de 4 anos.

“São pessoas que possuem uma veia mais criativa, têm senso estético apurado e dominam softwares de editoração eletrônica”, diz. A grande maioria dos alunos que faz este curso na ABRA está na faixa dos 25 a 45 anos e nunca tiveram nenhum contato com a área ou experiencia com desenho. Muitos têm outra profissão, mas querem mudar de vida, buscando uma profissão mais compatível com as suas aspirações. Além disso, você precisa fazer Vestibular, estudar todos os dias e o tempo para concluir o curso é, em média, de quatro anos.

Primeiro os que se dedicam à decoração de interiores, estes muitas vezes são assuntos dos emergentes da classe alta (o que não é nenhum crime) e, até por isso mesmo, aparecem mais. O sucesso indiscutível dos eventos do tipo Casa Cor, que unem casa e mercado e cuja visitação atrai milhares de leigos e supera as mostras de arquitetura, é um exemplo vivo dessa atração pela arquitetura de interiores. É sócio e diretor de criação do Estúdio Penha, arquiteto e urbanista, formado pela Universidade Mackenzie, Vitor trabalha com luminotécnica há mais de 10 anos. É sócio e diretor de criação do Estúdio Penha, onde desenvolve o conceito do reuso e pesquisas nas áreas de percepção e luz.

Já o design de interiores é um trabalho mais voltado puramente à decoração. Pauline explica que enquanto a arquitetura de interiores vai mais a fundo, o design fica mais atrelado ao mobiliário e acessórios. O projeto arquitetônico é o serviço relacionado à fase de construção, reforma ou produção de fachada de um imóvel. No projeto, são definidos os espaços, normas técnicas a seguir para que a obra resulte em uma edificação segura, materiais adequados para a construção e até como aproveitar melhor o terreno.

Diferença entre design e decoração de interiores

Quanto Ganha Um Designer De Interiores

Isso não é apenas referente as profissões acima sitadas, também é visto isso com muita frequência na Área de Saúde. Muitos pensam que é um curso superficial e com pouco conteudo de formação técnica, mas em relação ao curso de arquitetura e urbanismo é exatamente o contrário. E o meu sentimento geral das escolas é pague o curso, porque minha professora de Arquitetura na verdade não sabia naaaada da prática….

É Preciso Fazer Faculdade Para Se Tornar Decorador Ou Designer?

Não podemos generalizar mas, em qualquer área, há bons e maus profissionais sejam eles engenheiros, arquitetos, técnicos em edificação, designers de interiores ou decoradores (ser mau profissional não é prerrogativa do arquiteto como alguns aqui mencionaram). Enquanto arquiteta não vejo como ameaça ao mercado a atuação dos designers de interiores ou decoradores pois, para mim, está claro a atribuição profissional de cada um. Ocorre que, enquanto atribuição profissional, uns poderão atuar mais e outros menos em um dado projeto. Enquanto atividade essencialmente técnica, o cálculo de grandes estruturas é próprio dos engenheiros e também não vejo nenhum problema em se trabalhar com eles. Por exemplo, ao projetar o Masp e vencer um grande vão, quem fez os cálculos estruturais para a arquiteta Lina Bo Bardi? Em se tratando de projetos que envolvam grandes estruturas o ideal é que engenheiros e arquitetos sejam parceiros (mas, mesmo assim, há muitos arquitetos nacionais e internacionais bastante competentes nessa área).

Sem reformas, nem projetos sob medida demorados, e ainda ajudando pessoas a terem casas mais bonitas e confortáveis. Algo que transforme totalmente a cara dos seus ambientes, mas sem desestimulá-las com grandes reformas, quebradeiras ou soluções sob medida. Por outro lado, nesse momento, essas pessoas não querem (ou não podem) investir pequenas fortunas em projetos caros de interiores, e que demoram muito para ficar prontos. O problema é que dos 5 anos do curso de Arquitetura e Urbanismo, só 2 semestres são dedicados a matérias específicas que preparam o profissional para o ramo de interiores. Ele também estará habilitado para estudar a relação do prédio com as áreas vizinhas e o impacto que aquela construção vai trazer para a região. Aproveitando a ocasião da data, vou explicar nesse artigo não apenas quais são as diferenças entre essas profissões, mas também como você, que está lendo aqui nesse momento, poderá ganhar dinheiro com decoração.

Grade Curricular Para Design De Interiores

Assino tanto projetos, como responsabilidade de minhas obras, para condomínios horizontais, loteamentos, prédios, sistema de agua, esgoto, drenagem urbana. Não querendo desmerecer ninguém, Designer de Interiores, ou Decorador, ou Mestre de Obras. São simplesmente cursos particionados do curso de Arquitetura e Urbanismo/Engenharia Civil. Cada um que siga o que legalmente lhe permite fazer, e que fiquem contentes com a opção que optaram. Nós designers de interiores estamos sofrendo boicote da CAU, nos impedindo de trabalhar, levando informações completamente erradas aos nossos possíveis clientes. Designer de interiores pode e deve ser contratado para reformas e decorações de interiores e exteriores, desde que NÃO ENVOLVA MUDANÇAS ESTRUTURAIS, colunas, vigas e etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *